Virtual Tour no Imobiliário

A tecnologia tem vindo a fazer evoluir as nossas ferramentas de trabalho, e frequentemente, a criar novas ferramentas que proporcionam experiências novas para o consumidor e com claros ganhos de produtividade. Uma dessas ferramentas é a Virtual Tour no Imobiliário.

A visualização do imóvel não só constitui uma ferramenta de marketing para “atrair” o cliente como se mostra como uma técnica muito eficaz de despiste e qualificação do cliente, visto ser possível ver a disposição do imóvel, a luz, a organização espacial, o pé-direito, o estado de conservação, etc.

 

 

Ao ser possível o cliente visualizar o imóvel previamente a uma visita, mais rapidamente percebe se há de todo interesse e se há justificação para se realizar uma visita, desta forma evitando perder o tempo precioso de todas as partes (comprador, vendedor e consultor imobiliário).

Contudo, e falo por experiência, as fotografias frequentemente não chegam para fazer todo o despiste necessário, e acontece realizarmos muitas visitas que acabam por ser ineficazes. A maior crítica acaba por ser o exagero de edição nas fotografias do imóvel que acabam por levar ao engano um comprador achando que a casa tem mais luz, espaço ou encanto do que aquele que realmente tem.

De forma a colmatar esta limitação, a aposta na Virtual Tour (ou VT) é o caminho a seguir! Vejam este exemplo -> https://www.zlogyoprojects.com/hpt/

Ao contrário da fotografia, que é estática, a VT proporciona não só uma visão de 360º como dá profundidade ao imóvel e permite a navegação dentro deste a partir de pontos pré-definidos. Esta flexibilidade e aumento de informação garantem uma maior fiabilidade na hora de decidir realizar a visita, visto que o comprador conseguiu ver mais ângulos do imóvel, entender a dimensão real dos espaços e demais características que nem sempre aparecem nas fotografias. É também possível incorporar informação adicional para que o utilizador tenha acesso a dados relevantes à medida que explora o imóvel.

 

 

Além do benefício óbvio de ser possível realizar uma triagem mais eficaz, a interação que o utilizador tem na navegação VT pelo imóvel potencia que o mesmo passe mais tempo a descobrir do que se estivesse a ver 10 fotografias do imóvel, o que permite uma maior capacidade de retenção.

Outra utilização muito interessante é a compatibilidade com óculos VR (Virtual Reality), onde é possível visualizar a VT do imóvel como se estivéssemos mesmo lá, proporcionado a experiência da realidade virtual. A nível de experiência do utilizador, é muito superior a estar a ver fotografias no telemóvel ou no computador.

 

Em resumo, a VT permite-nos chegar a mais clientes (+ marketing), realizar uma melhor qualificação (+ eficácia) e proporcionar um serviço inovador e entusiasmante (+ serviço).

Ansioso por experimentar? Fale comigo.

0
André Maia

André Maia

Consultor Imobiliário da Home Hunting, especialista no concelho de Lisboa. Apaixonado por números e conhecimento, tem mais 8 anos de experiência como consultor no setor da Banca, ligado a projetos de tecnologia e risco. Adora poder dar o seu contributo e está sempre pronto a ajudar, estando habituado a que o seu trabalho tenha um impacto grande na vida das organizações e das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Está a um passo de receber todas as
novidades da Home Hunting!