Preparação é a palavra-chave!

Tal como já tínhamos mostrado anteriormente, a queda dos preços de venda das casas já recuperou do trambolhão da altura da crise da dívida (2008-2014). O que ainda não tínhamos mostrado é que esta retoma inclui a recuperação de 10 anos de inflação, conforme explicou Ricardo Guimarães, Diretor do Confidencial Imobiliário, no seminário “Real Estate Investment Trusts – SIGIs um novo veículo para o imobiliário em Portugal”, organizado pela Abreu Advogados e Confidencial Imobiliário e que podem ver no gráfico:

 

Fonte – Confidencial Imobiliário

 

Em linha com este raciocínio, e com os dados que temos recebido do mercado em que as transações estão a desacelerar e os preços a corrigir, é evidente que estamos num ponto de equilíbrio em que o crescimento a pique dos preços simplesmente não faz sentido. E aquilo que temos sentido no terreno é que imóveis com preços desajustados do seu valor de mercado simplesmente não são absorvidos, levando a períodos prolongados de exposição, baixas de preço, desistência, etc.

Nesta fase do campeonato, onde a dinâmica dos preços reflete um equilíbrio, a importância de uma correta estratégia de preço é crucial. E isto pode ser definido em dois momentos essenciais:

 

ESTUDO DE MARCADO

A definição do preço de venda é uma das decisões mais importantes que se irá discutir. Frequentemente os proprietários têm uma expectativa de preço de venda do imóvel apurada de forma incorreta ou através de informação parca e desadequada. Por outro lado, o consultor imobiliário está munido da melhor tecnologia, ferramentas e conhecimento do mercado para lhe apresentar o estudo de preço do seu imóvel. Um estudo abrangente e bem realizado implica a utilização de pelo menos 2 métodos de cálculo no apuramento do valor comercial do imóvel, como o método comparativo, método do rendimento, método do custo de construção, etc.

 

ESTRATÉGIA DE VENDA

Na definição do preço de venda correto do imóvel, é importante conhecer detalhadamente os objetivos do proprietário, de forma a se adaptar a estratégia de venda. O preço de venda pode ser definido abaixo da análise inicial, quando é necessário acelerar  a concretização do negócio ou pode ser definido acima quando se pode alargar o tempo previsto de venda, em busca de um negócio de valor superior. Também é necessário verificar que há classes de ativos imobiliários que por serem menos líquidos ou por terem grupos de procura mais reduzidos, são mais difíceis de concretizar logo à partida. E isso também deve ser refletido na estratégia de venda para que o resultado final se enquadre nas expectativas do proprietário.

 

Numa altura em que os preços estão a equilibrar, as transações estão a estagnar e o tempo de absorção tende a dilatar um pouco, é prudente que haja serenidade na colocação do preço de venda para evitar dissabores.

O argumento de que pode aparecer alguém que irá pagar mais 25% pelo seu imóvel deixa de fazer sentido. Tem que fazer esta pergunta a si próprio: quer vender a sua casa ou quer ajudar a ajudar a concorrência a vender as deles?

 

Se está a pensar vender a sua casa e continua indeciso sobre o que fazer, contacte-me! Terei todo o prazer em ajudar!

0
André Maia

André Maia

Consultor Imobiliário da Home Hunting, especialista no concelho de Lisboa. Apaixonado por números e conhecimento, tem mais 8 anos de experiência como consultor no setor da Banca, ligado a projetos de tecnologia e risco. Adora poder dar o seu contributo e está sempre pronto a ajudar, estando habituado a que o seu trabalho tenha um impacto grande na vida das organizações e das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Está a um passo de receber todas as
novidades da Home Hunting!