Viver no Montijo: do outro lado do rio, numa localização privilegiada

“Viver no Montijo é viver num concelho com uma localização privilegiada na Área Metropolitana de Lisboa. É viver às portas da capital, dos grandes centros urbanos. É viver num concelho com identidade própria, seguro e tranquilo”, assegura-nos o site deste município.

Foi precisamente o fator acessibilidade que levou Denise L., uma jovem hoje de 35 anos, a rumar à outra margem corria o ano de 2007. Viver na capital em casas arrendadas, ainda que dividindo custos com o companheiro, já começava a tornar-se difícil. Daí a decisão. “Quando pensámos em comprar casa, só procurámos mesmo nos arredores de Lisboa. Optámos pelo Montijo que fica precisamente a 30 km da Penha de França e a outros tantos de Fernão Ferro, onde temos familiares”, conta. Denise apaixonou-se, a expressão é sua, por uma casa antiga, feita em tijolo. “Nessa altura, o Montijo estava a crescer imeeeeenso”, frisa.

O Montijo pertence ao Distrito de Setúbal e à Área Metropolitana de Lisboa.

Hoje, como explica a edilidade, “do lado oeste, existe uma cidade com uma composição urbana bem definida, com bairros novos de construção imobiliária de qualidade com amplas praças, espaços verdes, polidesportivos, ciclovias e outros equipamentos coletivos. Já a zona este é outra realidade completamente distinta. É como “viver no campo”. Ali encontramos “uma zona rural de enorme dimensão, marcada pelo montado de sobro, pela floresta e por amplos espaços vinícolas e agrícolas”. Uma paisagem que oferece “a tranquilidade para passeios pedestres e é ideal para a prática de desportos da natureza”. “É viver mais devagar, com mais tempo e mais qualidade de vida.”

No Montijo, há um sem fim de supermercados, restaurantes, shopping e cinema. A apenas 25 minutos de distância de Lisboa, há também acesso facilitado a múltiplos transportes. “E qualquer dia até podemos ir de avião”, brinca Denise fazendo alusão ao novo aeroporto que por ali ganhará asas em breve.

O preço das casas no Montijo subiu mais de 30% nos últimos dois anos, um ritmo de crescimento que representa o dobro do que foi registado, em média, no resto do país. Ainda assim, em 2018, era 50% mais barato viver lá do que em Lisboa, com o preço do arrendamento de uma casa de 100 m2 a custar na ordem dos 500 euros. Nesse sentido, as oportunidades são ainda imensas e muitas portas estão por se abrir à sua espera.

5+

Home Hunting

Somos a sua agência imobiliária de Lisboa. Somos o seu parceiro imobiliário de confiança e fazemos pelo seu imóvel, um serviço de excelência. www.homehunting.pt/pt/agencia-imobiliaria-online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Está a um passo de receber todas as
novidades da Home Hunting!