Tudo o que precisa de saber sobre a Taxa de Esforço

A taxa de esforço representa o grau máximo de endividamento associado a créditos que alguém pode ter. Este é um dos fatores que influencia a viabilidade e o valor do empréstimo a ser concedido pelas entidades bancárias. Com a leitura deste artigo vai ficar a saber como calcular a taxa de esforço, qual a sua importância e como a reduzir.

Nota: Caso prefira consumir este tipo de informação em vídeo, faça scroll até ao final do artigo onde vai encontrar um vídeo explicativo sobre a taxa de esforço.

 

IMPORTÂNCIA DA TAXA DE ESFORÇO

Para as entidades bancárias, a implementação da taxa de esforço certifica a solvabilidade dos clientes, garantindo que os mesmo têm capacidade para reembolsar os créditos que lhes são concedidos. É, aliás, uma orientação do Banco de Portugal para os Bancos Portugueses.

De uma perspetiva particular, a taxa de esforço diz qual a capacidade do cliente de responder às suas responsabilidades financeiras,  contabilizando as despesas fixas mensais e o pagamento da prestação dos créditos. Garante, por isso, a existência de um bom equilíbrio e saúde financeira.

 

VALORES DE REFERÊNCIA E FATORES DE SOLVABILIDADE DO CLIENTE

É estimado que uma taxa de esforço positiva se situe nos 33%, ou seja, 1/3 do rendimento disponível de um agregado. Contudo, os valores de referência atuais para a taxa de esforço situam-se nos 50% relativamente ao crédito habitação e outros créditos, enquanto orientação do Banco de Portugal.

No entanto, é preciso ter em conta alguns aspetos relativos aos encargos financeiros, no que diz respeito aos 50% de taxa de esforço. Isto porque o Banco, no crédito habitação, contabiliza um acréscimo de 3 pontos percentuais à prestação mensal do crédito, de modo a acautelar eventuais subidas da taxa de juro. É ainda relevante referir que alguns Bancos consideram 20% a menos do rendimento atual do cliente com o objetivo de garantir que, caso haja alguma redução no rendimento, o cliente continua a ter um grau de solvabilidade satisfatório para responder ao crédito.

Além dos fatores indicados, no momento da análise de solvabilidade de um cliente, o Banco tem em conta outros aspetos, como loan-to-value (LTV). O LTV corresponde ao rácio entre o valor do bem que é adquirido, o imóvel, e o valor solicitado de financiamento. Outro indicador são as garantias adicionais que o cliente declara às instituições bancárias, por exemplo a existência de fiadores ou a posse de outro tipo de património.

 

VALOR DE REFERÊNCIA NACIONAL DA TAXA DE ESFORÇO

A nível nacional, a taxa de esforço média situa-se nos 80%, sendo que na área metropolitana de Lisboa a taxa de esforço média encontra-se nos 86%.

Em Portugal, o nível de endividamento é alto, muito devido à inexistência de uma tradição de poupança e, por sua vez, à elevada procura do crédito ao consumo. Estes dois fatores fizeram com que muitas famílias portuguesas ultrapassassem o limite de 50% da taxa de esforço.

Nota: A regra limite de 50% da taxa de esforço, imposta pelo Banco de Portugal, data de 2018, pelo que a sua recente implementação significa que será necessário esperar mais alguns anos para haver uma redução efetiva da taxa de esforço a nível nacional.

 

DICAS PARA REDUZIR A TAXA DE ESFORÇO

A negociação dos créditos e a realização de uma procura cuidada e atenta de novas soluções de financiamento apresentam-se como duas possíveis soluções para a redução da taxa de esforço.

Além disso, é essencial ter consciência da atual situação, capacidade e liquidez financeira, tendo em conta as despesas habituais e acautelando possíveis imprevistos.

 

CALCULAR A TAXA DE ESFORÇO

Por fim, para calcular a taxa de esforço basta dividir os encargos financeiros pelo rendimento do agregado multiplicando por 100. É através desta fórmula que se obtém a percentagem de taxa de esforço.

 

TAXA DE ESFORÇO COM RITA GARÇÃO

Em menos de 6 minutos, a consultora Rita Garção explica tudo o que é preciso saber sobre a Taxa de Esforço na Hora H, a rubrica da Home Hunting que descomplica o Mercado Imobiliário.

 

Veja o episódio completo da Hora H: AQUI

 

Está a pensar comprar uma casa ou pedir um crédito habitação e precisa de falar com um especialista, a consultora Rita Garção está ao seu dispor.

 

0

Home Hunting

Somos a sua agência imobiliária de Lisboa. Somos o seu parceiro imobiliário de confiança e fazemos pelo seu imóvel, um serviço de excelência. www.homehunting.pt/pt/agencia-imobiliaria-online

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Post comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Está a um passo de receber todas as
novidades da Home Hunting!