Alfragide: Uma Solução Residencial às Portas de Lisboa

Freguesia do município da Amadora, com 17.044 habitantes, Alfragide revela-se uma solução residencial interessante para quem assumidamente ambicione fugir do bulício da grande urbe.

Limitada a norte com a freguesia de Águas Livres, a noroeste com a freguesia de Venteira, a oeste e a sudoeste com o concelho de Oeiras (União das Freguesias de Carnaxide e Queijas) e a sul e a este com o concelho de Lisboa (freguesia de Benfica), esta zona deve o seu nome à Quinta de Alfragide e às três casas agrícolas com o mesmo nome.

Mapa: Alfragide

Os Bairros de Alfragide

Hoje, esta freguesia abrange distintos bairros: Zambujal, Almargenzinha, Assoalfra, Alto do Moinho, Quinta dos Cravos, Seminário, Quinta das Torres, Paraíso, Cova da Onça, Casal do Zambujal, Timorenses (Avenida Almeida Garret), Varandas de Monsanto e Quinta Grande.

É precisamente neste último bairro, onde fica a quinta com o mesmo nome, que podemos encontrar o único sobrevivente de um conjunto de sete moinhos que ocupavam esta elevação, tendo sido alvo de uma intervenção arqueológica em 1993. Para ter uma ideia, estima-se que no atual município da Amadora chegaram a funcionar 65 moinhos, 15 dos quais ainda em atividade no início do século XX. Desses 15, quatro estavam situados na Quinta Grande, outrora denominada Quinta da Lousã.

 

Segundo dados do Recenseamento Geral da População e Habitação de 2011, nesta zona vivem cerca de 17 mil pessoas em, aproximadamente, 7.500 alojamentos.

E hoje, o que há em Alfragide de tão atrativo? 

A proximidade com a Serra de Carnaxide, por exemplo.  Segundo a Junta de Alfragide, a freguesia «abrange territórios com géneses urbanísticas distintas, mas com relacionamento físico e funcional entre si». Esta freguesia que integra os aglomerados do Plano Integrado do Zambujal, Alfragide Sul, Quinta Grande e o parque empresarial da EN 117 abrange «um território policêntrico, onde a oferta de bens e serviços está direcionada para procuras diferenciadas indissociáveis do estatuto socioeconómico dos seus habitantes».

Alfragide é afamada pelas suas superfícies comerciais, mas em termos de património, a freguesia não fica a perder. Sabia que é atravessada por um dos maiores aquedutos subsidiários do Aqueduto das Águas Livres? Chama-se Aqueduto da Buraca ou Francesas que, iniciando-se no Concelho de Oeiras (na Serra de Carnaxide) vai entroncar com o Aqueduto Geral da Águas Livres, já na Buraca, perto de Lisboa.

Quinta Grande (Alfragide)

Quinta Grande, o bairro de eleição

A Quinta Grande é um dos bairros mais procurados para viver, pela sua facilidade e rapidez de acessos à cidade de Lisboa e pela sua forte componente empresarial. No entanto, a oferta a nível de habitação e os serviços disponíveis – mesmo em relação a comércio local – tornam esta zona o “centro de tudo”, como nos conta Daniel Matos.

“É viver no centro de tudo. É viver na cidade sem estar dentro dela e visitar o mar sempre que nos apetece. É como ter o “nosso mundo” na palma da nossa mão.”  Daniel Matos, morador da Quinta Grande

Um sítio especial, indicado para quem procura viver com a sua família numa zona acessível e confortável. Gostava de viver na Quinta Grande? Descubra o Apartamento T3 que temos à venda no bairro!

 

Apartamento T3 disponível na Quinta Grande. Veja AQUI o vídeo do imóvel.

 

Cozinha (equipada) do Apartamento T3 na Quinta Grande. Ver mais AQUI

 


Gostava de morar em Alfragide? Conte-nos o que procura. Nós podemos ajudar!

 

 

0

Home Hunting

Somos a sua agência imobiliária de Lisboa. Somos o seu parceiro imobiliário de confiança e fazemos pelo seu imóvel, um serviço de excelência. www.homehunting.pt/pt/agencia-imobiliaria-online

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Está a um passo de receber todas as
novidades da Home Hunting!